Progressão Linguística

Qual o meu nível de fluência em Português?

É comum as pessoas responderem essa pergunta com termos como básico, intermediário, fluente ou nativo. Mas o que querem dizer? O significado destes termos pode ser muito diferente de pessoa para pessoa.

O Ministério da Educação e Ciência publicou um Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro (QuaREPE), que visa classificar os conhecimentos de um idioma o mais objetivamente possível.

Os níveis A1, A2, B1, B2 e C1 contemplam as principais competências de produção e compreensão (compreensão oral, interação oral, produção oral, compreensão escrita e expressão escrita), mas não tem em consideração fatores que decorrem do facto de o aluno não se encontrar num contexto de imersão constante em língua portuguesa. Por essa razão, cada um dos cinco níveis acima indicados pode ser dividido em dois subníveis (A1.1. e A1.2, A2.1 e A2.2, B1.1 e B.1.2, B2.1 e B2.2, C1.1 e C1.2).

Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro (QuaREPE), publicado pelo Ministério da Educação e Ciência, constituído por duas partes:

QuaREPE – Documento Orientador 2.7 MB
QuaREPE – Tarefas, Atividades, Exercícios e Recursos para a Avaliação 23.98 MB

Informação completa sobre o ensino de português no estrangeiro em www.instituto-camoes.pt